Campos-Neto_Miguel.jpg

Miguel Campos Neto

Founder, Conductor Laureate, Artistic Advisor

Among recent highlights for Miguel Campos Neto, are his debut as an opera conductor on international stages with Cavalleria Rusticana and Pagliacci at the “Opera Grand Avignon” in southern France and a Brazilian tour involving symphony orchestras in Rio de Janeiro (OSB), Belo Horizonte (OSMG), Goiania (OSG), Manaus (AF) and Belém (OSTP).


The year 2019 was marked by his return to the International Summer Course in Brasília as conducting professor and conductor of the Festival Symphony Orchestra, a return to La Sierra University (California) as a visiting professor of orchestral studies and his debut as conductor of opera in São Paulo (The Christmas Turkey by Leonardo Martinelli at Theatro São Pedro).


Holding a Master’s Degree in conducting from the Mannes School of Music in New York, Campos Neto began in 2021 his eleventh season as principal conductor of the Theatro da Paz Symphony Orchestra (Belém) and musical director of the Theatro da Paz Opera Festival. Other posts held currently are: conductor of the Altino Pimenta Symphony Orchestra (Federal University of Pará) and the Wilson Fonseca Symphony Orchestra (Santarém).


While in New York, he co-founded and served as chief conductor for The Chelsea Symphony, returning to that city to conduct the 10-year anniversary concert of the orchestra. He also served for 12 years as principal conductor of the Vale Música Youth Orchestra and continues his relationship with that orchestra as a guest conductor. With performances at the two most important opera festivals in Brazil (Manaus and Belém), he has already amassed a remarkable operatic repertoire, including the release of 6 DVDs of fully staged operas and Gala concerts.


As a guest conductor he has appeared with international orchestras such as: Orchestre National Avignon-Provence, Puerto Rico Symphony Orchestra, Mulhouse Symphony Orchestra (France) Savaria Symphony (Hungary), Dana Point Symphony (USA), Orquesta Ciudad de Alcalá (Spain) and the Brazilian orchestras of Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Amazonas, Theatro São Pedro (SP), Teatro Nacional (Brasília), Minas Gerais, Heliópolis (SP), Experimental de Repertório (SP), Municipal of Campinas and the Symphonic of the UNICAMP.


https://en.camposneto.com

***


Entre os compromissos mais importantes da temporada de 2020-2021 para Miguel Campos Neto, pode-se destacar sua estreia como regente de ópera em palcos internacionais com Cavalleria Rusticana e Pagliacci na “Opera Grand Avignon” (França) e uma turnê nacional envolvendo as orquestras sinfônicas no Rio de Janeiro (OSB) Belo Horizonte (OSMG), Goiania (OSG) Manaus (AF) e Belém (OSTP).  Já o ano de 2019 foi marcado por seu retorno ao Curso Internacional de Verão de Brasília como professor de regência e maestro da orquestra sinfônica de encerramento, o retorno à Universidade La Sierra (Califórnia) como professor visitante de prática de orquestra e a estreia como regente de ópera em São Paulo (O Peru de Natal de Leonardo Martinelli-Theatro São Pedro).


Com diploma em regência pela Mannes College of Music de Nova York, Campos Neto iniciou em 2021 a sua décima primeira temporada como regente titular da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (Belém) e diretor musical do Festival de Ópera do Theatro da Paz. Também atua como regente titular da Orquestra Sinfônica Altino Pimenta (Universidade Federal do Pará) e da Orquestra Sinfônica Wilson Fonseca (Santarém). 


Em Nova York, foi co-fundador da Chelsea Symphony e por quatro anos foi também seu regente titular, retornando como convidado para reger um concerto especial em comemoração aos 10 anos de fundação da orquestra. Serviu também por 12 anos como regente titular da orquestra Jovem Vale Música e continua sua relação com esta orquestra como maestro convidado. Com atuações nos dois festivais de ópera mais importantes do Brasil (Manaus e Belém), ele já acumula um notável repertório operístico, e contabiliza 6 lançamentos em DVD de óperas totalmente encenadas e concertos líricos.


Como convidado ele já regeu orquestras nacionais e internacionais como: Orquestra National de Avignon (França), Orquestra Sinfônica de Puerto Rico, Orquestra Sinfônica de Mulhouse (França) Savaria Symphony (Hungria), Dana Point Symphony, Orquestra Ciudad de Alcalá (Espanha) e Os Solistas de Câmara da Universidade de Missouri (EUA), e as orquestras de Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Amazonas, do Theatro São Pedro (SP), do Teatro Nacional (Brasília), de Minas Gerais, Heliópolis (SP), Experimental de Repertório (SP), Municipal de Campinas e Sinfônica da UNICAMP.


https://camposneto.com